sexta-feira, 8 de maio de 2009

Quem sou eu? - Pedro Bandeira


Eu às vezes não entendo!
As pessoas em um jeito
De falar de todo mundo
Que não deve ser direito.
.
Aí eu fico pensando
Que isso não está bem.
As pessoas são quem são,
Ou são o que elas têm?
.
Eu queria que comigo
Fosse tudo diferente.
Se alguém pensasse em mim,
Soubesse que eu sou gente.
.
Falasse do que eu penso,
Lembrasse do que eu falo,
Pensasse no que eu faço
Soubesse por que me calo!
.
Porque eu não sou o que visto.
Eu sou do jeito que estou!
Não sou também o que eu tenho.
Eu sou mesmo quem eu sou!
.

9 comentários:

Úrsula Avner disse...

Oi Renata, um amor de poema feito por um grande escritor. Bonita e bem escolhida postagem ! Bjs floridos.

blog da tata disse...

essa poesia eu declamei para a sala na onde eu estudo
todoa acharam muito legal

lely disse...

ta faltando um pedaso dessa poesia
=(
malss ae fika criticando mais se for pra coloca coloca ela completa

lely disse...

mals ae fica criticando
mais ta faltando coisa nessa poesia
se for pra coloca coloca ela completa neh

Thomas Ramos disse...

ADORO ESSE POEMA!!
ELE É MUITO BOM!! LI QUANDO EU ESTAVA NA 5ª OU 6ª SÉRIE E ADOREI
HOJE EU ESTAVA PROCURANDO E AINDA BEM QUE CONSEGUI ENCONTRAR :)

meirinha disse...

adorei esta poesia como fala exatamente o q pensamos, parábens,a voce PEDRO BANDEIRA.

Isadora Porfírio disse...

Eu amo esse poema! O conheci quando criança ainda, ele é perfeito!

Isadora Porfírio disse...

"Em cada lugar que eu vou,
Na escola, na rua também,
ouço dizerem assim
quando se fala de alguém:
- Você conhece Fulano,
que chegou de viagem?
- O pai dele é muito rico,
tem dois carros na garagem!
- E o Maneco lá do clube?
Pensa que é rico também?
Precisa ver que horrível
é o tênis que ele tem!"

o trecho que faltava no texto :D

luiza disse...

lindooooooooo poema ele é muitoooo lindo , eu o declamei e todos adoraram , pena que faltou uma parte mas é muitoooooo lindo