segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Caixa Mágica de Surpresa - Elias José

Um livro
É uma beleza,
É caixa mágica
só de surpresa.
Um livro
parece mudo,
mas nele a gente
descobre tudo.
Um livro
tem asas
longas e leves
que, de repente,
levam a gente
longe, longe. Um livro
É parque de diversões
cheio de sonhos coloridos,
cheio de doces sortidos,
cheio de luzes e balões.
Um livro
É uma floresta
com folhas e flores
e bichos e cores.
É mesmo uma festa,
um baú de feiticeiro,
um navio pirata no mar,
um foguete perdido no ar,
É amigo e companheiro.
.

Um comentário:

Larissa disse...

Muito legal esse poema:'caixa magica de surpresa' vou recitar ele na minha sala e tomara que eu tire 10.

*o*

Lala~*